‘Profetas da chuva’ estão otimistas e preveem fim da seca no Nordeste

290

G1 – A seca que aflige o Nordeste há três anos deve se encerrar em 2015, ano de muita chuva. Essa é a previsão dos chamados “profetas da chuva”, grupo de sertanejos cearenses que fazem prognóstico do tempo com base em interpretação de elementos da natureza. Cada um dos “profetas” tem um método próprio; eles analisam formigas, cupins, abelhas, a casa do joão-de-barro ou a floração do juazeiro.

Eles se reúnem todos os anos em Quixadá, no interior do Ceará, próximo à Pedra da Galinha Choca, ponto turístico da cidade. A profecia para 2015 repete a dos anos anteriores: bom volume de chuva. Apesar de terem errado – a região Nordeste sofre estiagem há três anos –, eles se dizem otimistas com relação às chuvas e a “natureza tem dado todos os sinais com bastante clareza”, como diz João Soares.