Pró-impeachment do PMDB pressiona Henrique para deixar o Ministério do Turismo

162

A Folha de São Paulo destaca que a ala pró-impeachment do PMDB, ligada ao vice-presidente, trabalha agora para convencer o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB­RN), a deixar o governo. Na avaliação dessa ala da legenda, a saída de Henrique Alves seria um movimento coerente com a ligação pessoal que o ministro e o vice­presidente têm há anos.

Essa articulação ganhou força após o anúncio da saída de Padilha. Aliados do vice­presidente afirmam que as conversas com Henrique Alves devem acontecer ao longo do dia. O ministro não está em Brasília. Embarcou logo cedo para Natal.

Outros ministros peemedebistas no governo são Marcelo Castro (Saúde), Celso Pansera (Ciência e Tecnologia), Helder Barbalho (Portos), Eduardo Braga (Minas e Energia) e Kátia Abreu (Agricultura) –esta, na cota pessoal de Dilma.