Presos são achados soterrados em túnel na penitenciária de Alcaçuz

167

A direção da Penitenciária Estadual de Alcaçuz confirmou que os corpos de dois presos foram encontrados soterrados nesta segunda-feira (9) dentro de um túnel aberto na maior unidade prisional do estado, localizada em Nísia Floresta, na Grande Natal.

O desaparecimento dos detentos do pavilhão 2 foi confirmado após uma contagem feita por agentes penitenciários e homens do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania. Durante a manhã, presos informaram sobre o desabamento de um túnel.

Os presos encontrados mortos foram identificados pela direção como Rodrigo Nascimento Silva, de 29 anos, e Arlindo de Lima Silva, de 30 anos. Os dois cumpriam pena por assalto, de acordo com o diretor da Penitenciária de Alcaçuz, Eider Brito.