Pesquisa revela que mais de 92% da população aprovam as ações da Prefeitura de Acari no enfrentamento da crise hídrica

68

92,8% dos acarienses aprovam as ações que a Administração Municipal vem desenvolvendo para garantir o abastecimento de água à população do município seridoense. Assim apontou pesquisa realizada pelo Instituto Agorasei, no dia 19 deste mês de novembro. Apenas 5% dos entrevistados reprovam o trabalho da Prefeitura e outras 2,2% não souberam responder.

A exemplo da maioria dos municípios do sertão nordestino, Acari vem sofrendo com a longa estiagem que castiga a região nos últimos anos. No início de setembro a situação se agravou com o colapso no abastecimento d’água que era feito pela CAERN diretamente do açude Gargalheiras. Uma adutora de engate rápido que trará água da barragem de Assu está sendo construída com recursos do Governo Federal, mas a obra atrasou e foi necessária a intervenção da Prefeitura de Acari. Em parceria com o Exército Brasileiro, DNOCS e Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos foram perfurados vários poços artesianos nas zonas urbana e rural do município. Nos poços com vazão de água foram instalados chafarizes e desta forma a população do município vem garantindo o seu abastecimento. “Os resultados desta pesquisa mostram que a população reconhece nosso esforço em busca das soluções para a grave crise que afeta Acari.

É testemunha de que nossa administração vem há tempos alertando e cobrando dos Governos Estadual e Federal ações concretas. Esta aprovação de mais de 92% é o reconhecimento de que estamos fazendo o possível, dentro das possibilidades da Prefeitura, para não deixar faltar água ao nosso povo”, comentou o prefeito Isaias Cabral. A pesquisa ouviu 400 eleitores com idade de 16 anos e acima, em todos os bairros e nas principais comunidades rurais de Acari. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 4.8 pontos percentuais, para mais ou para menos sobre os resultados totais da amostra.