Governo do Rio Grande do Norte esvazia o cofre do fundo Previdenciário

190

Para a segunda parcela do décimo-terceiro salário dos aposentados e pensionistas, o Governo do RN sacou R$ 75 milhões do Fundo Financeiro do Estado (FUFIR) – o Fundo Previdenciário.

Foi a última retirada. Secou. Não tem mais dinheiro no Fufir para ser sacado.

Os R$ 323 milhões que escaparam estão aplicados em uma carteiro de longo investimento, que só poderão ser sacado em maio de 2016.

Ou seja, o Governo do Estado não tem mais essa fonte para completar a folha salarial dos servidores públicos, aposentados e pensionistas. Isso quer dizer que a folha de dezembro é uma incerteza.

Ao todo o Governo do Estado fez 14 saques no Fufir, sendo quatro na gestão Rosalba Ciarlini (PP) em 2014 e dez no governo Robinson Faria (PSD), totalizando R$ 650.091.550,64.

Outra coisa que chama a atenção foi a pressão do governo de antecipar o pagamento da segunda parcela do décimo.

Há impressão que o governo correu para antecipar a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) sobre a ilegalidade nos saques da Fufir, cujo julgamento será feito nesta quinta-feira, 17.

 

Blog do César Santos